No passado dia 11 de junho, pela manhã, foi-nos comunicado que uma funcionária da instituição testou positivo à Covid-19. Esta trabalhadora estava e continua sem quaisquer sintomas de doença. De imediato, em articulação com as autoridades de saúde pública, promoveu-se a recolha de amostras para diagnóstico de todos os trabalhadores que prestam serviço nas instalações do Centro Comunitário António Aleixo, em Quarteira. As colheitas foram realizadas, parte ainda no dia 11 de junho e as restantes nos dias seguintes. Conhecidos os resultados, constatou-se que foram todos negativos.

A trabalhadora que testou positivo permanecerá em quarentena, bem como todas as colegas que com ela tiveram uma relação de maior proximidade, num total de 16 pessoas, por decisão da autoridade regional de saúde.

A todas as autoridades envolvidas na decisão de se fazerem e concretizarem rapidamente todos os testes, nomeadamente, as autoridades de saúde pública do Algarve, Câmara Municipal de Loulé, Centro Distrital de Segurança Social de Faro, Laboratório Laura Ayres, Algarve Biomedical Center- ABC, entre outras, endereçamos o nosso bem hajam!

Todos os serviços e projetos prosseguidos pela Fundação António Aleixo continuarão a funcionar em pleno, tanto nas instalações de Quarteira como nas da Loulé, incluindo algumas salas de creche e pré escolar, estas dentro dos limites permitidos pelo pessoal disponível que não está sujeito a quarentena, destinadas aos pais que não dispõem de alternativas para deixar os filhos enquanto trabalham.

Quarteira, 14 de junho de 2020.
O Conselho de Administração

©2020 Fundação António Aleixo por Super8

 

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?