CONCURSO DE ESCRITA CRIATIVA
POETA ANTÓNIO ALEIXO

Deixe-se guiar pelas palavras inspiradoras do Poeta António Aleixo.

O 1.º Concurso de Escrita Criativa Poeta António Aleixo contou com mais de setenta participantes oriundos de todo o país e vários portugueses residentes além-fronteiras.

Clara Andrade, a vencedora desta primeira edição, tem 58 anos, reside em Portimão, é bibliotecária de profissão e compôs a obra «E, sobre tudo, as camélias», narrativa de ritmo intimista e poético, abordando o sentimento ontológico do abismo, do eu, da relação com o outro, mas também a alegria e os regressos.

Ana Simão, a 2ª classificada, de 55 anos, residente em Santarém, escritora, criou a obra «A Búzia», que apresenta numa escrita pontuada de diálogo, a velhice, as memórias e a imprecisa linha entre a sanidade e a loucura ou anormalidade, numa ação narrativa de linhas sinuosas e aliciantes.

Carlos Musga, 3.º classificado, de 65 anos, residente em Azeitão, reformado, propôs a obra final «Tudo boa gente», história bem portuguesa feita com base em retratos de pessoas comuns (ou não) a partir de uma escrita bem-humorada e de pena solta, em que também se medita sobre a complexidade da vida e da sua fragilidade.

Concurso de Escrita Criativa Poeta António Aleixo é um percurso de obstáculos literários promotor da robustez imaginativa dos participantes. Ao longo de dez etapas, cada uma tendo por mote uma quadra do grande poeta popular algarvio, pretende-se dar aos concorrentes inspiração para a construção de narrativas transformadoras e relevantes, as quais poderá descobrir agora neste livro publicado pela editora algarvia On Y va.

A Fundação António Aleixo apadrinhou o Concurso de Escrita Poeta António Aleixo e a Câmara Municipal de Loulé apoiou a publicação da coletânea desta primeira edição.

Este concurso de escrita criativa resulta de um repto lançado por dois algarvios à Fundação António Aleixo: Analita Alves dos Santos, que dinamizou o clube de escrita criativa para jovens da Biblioteca Municipal Manuel Teixeira Gomes, em Portimão, e David Roque, dinamizador do clube de escrita criativa da Biblioteca Municipal de Lagoa.

©2021 Fundação António Aleixo por Super8

 

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?