covid19 FAA

As instituições têm um papel fundamental na prevenção de uma pandemia pelo novo Coronavírus SARS-CoV-22, devido à possibilidade de rápido contágio e propagação da doença entre clientes e colaboradores. As instituições deverão então estar preparadas para a adopção de medidas adequadas de prevenção e contenção desta doença, em estreita articulação com os pais ou familiares dos clientes e a Unidade de Saúde Pública do respetivo Agrupamento de Centros de Saúde. Dessas medidas, salientam-se as que visam capacitar a comunidade para a adoção de comportamentos preventivos adequados e as que visam intervir no ambiente institucional, no sentido de facilitar esses mesmos comportamentos.

O que é o Coronavírus?

Os coronavírus são um grupo de vírus que podem causar infeções, do qual faz parte o COVID-19. Normalmente estas infeções estão associadas ao sistema respiratório, podendo ser semelhantes a uma gripe comum ou evoluir para uma doença mais grave, como pneumonia.

Como se transmite?
Considera-se que o COVID-19 pode transmitir-se:

  • Por gotículas respiratórias (partículas superiores a 5 micra);
  • Pelo contacto direto com secreções infeciosas;
  • Por aerossóis em procedimentos terapêuticos que os produzem (inferiores a 1 mícron).

A transmissão de pessoa para pessoa foi confirmada e julga-se que esta ocorre durante uma exposição próxima a pessoa com COVID-19, através da disseminação de gotículas respiratórias produzidas quando uma pessoa infetada tosse, espirra ou fala, as quais podem ser inaladas ou pousar na boca, nariz ou olhos de pessoas que estão próximas e ainda através do contacto das mãos com uma superfície ou objeto com o novo coronavírus e, em seguida, o contacto com as mucosas oral, nasal ou ocular (boca, nariz ou olhos).

Qual o período de incubação?
O período de incubação (até ao aparecimento de sintomas) situa-se entre 2 a 12 dias, segundo as últimas informações publicadas pelas Autoridades de Saúde. Como medida de precaução, a vigilância ativa dos contactos próximos decorre durante 14 dias desde a data da última exposição a caso confirmado. As medidas preventivas no âmbito do COVID-19 têm em conta as vias de transmissão direta (via aérea e por contacto) e as vias de transmissão indireta (superfícies/objetos contaminados).

Quais os principais sintomas?
Os sintomas são semelhantes a uma gripe, como por exemplo:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Falta de ar (dificuldade respiratória);
  • Cansaço;
PLANO DE CONTINGÊNCIA

©2020 Fundação António Aleixo por Super8

 

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?