Para assinalar o dia internacional da Mulher, realizou-se uma “Caminhada Intercultural – Pelos Direitos das Mulheres”, cuja organização teve a cargo das estagiárias do Curso de Educação Social da Universidade do Algarve, no âmbito da disciplina Práticas III.

A caminhada teve início no Largo do Centro Autárquico de Quarteira, depois do aquecimento com a instrutora de Fitness, Bela Pereira.

O percurso teve 8km, com passagem por vários pontos específicos com belas paisagens, com o seguinte trajeto: Rotunda do Polvo; GALP (Vilamoura); GNR de Vilamoura; Hotel Lake Spa Resort (onde estava instalado um posto de abastecimento de água e fruta); Hotel Tivoli Marina de Vilamoura; Mc Donald’s de Vilamoura; Estádio Municipal de Quarteira; chegada ao Centro Autárquico de Quarteira.

À chegada, decorreu um momento dedicado aos alongamentos, dinamizado pela Landa (Fisioterapeuta).

A iniciativa terminou com entrega de brindes e ainda a oferta de uma flor pela Abelha Zita, a mascote da Fundação António Aleixo.

De referir ainda que houve sempre pessoal da organização, ao longo do percurso, que encaminhou corretamente os participantes, pronto para apoiar no que fosse necessário.

Nelson Horta falou em nome da Fundação António Aleixo, dando todas as indicações necessárias, agradecendo “todas/os pela vossa presença nesta caminhada. Esta é uma Caminhada Intercultural pelos Direitos das Mulheres, sendo o principal objetivo elevar a consciência para os direitos das mulheres independentemente da cultura a que pertencem. Esta é uma iniciativa das estagiárias Andreia ViegasCristiana Costa e Nádia Cruz, do curso de Educação Social da Universidade do Algarve no âmbito da Unidade Curricular Práticas III, desenvolvido no Projeto Loulé Sem Fronteiras promovido pela Fundação António Aleixo”, acrescentando que “nada disto seria possível sem o apoio de várias entidades que nos apoiaram e patrocinaram, são elas: GNR; Câmara Municipal de Loulé; Vilamoura World; Junta de Freguesia de Quarteira (que disponibilizou grande parte do material); Junta de freguesia de São sebastião; Bafrutal; Florista Flôr-de-Lis; Servilusa; Restaurante Delícias do Mar; Região de Turismo do Algarve; Bela Pereira (Aquecimento); e Landa (Alongamentos)”.

Esta iniciativa teve como principal objetivo promover a aproximação cultural através da reflexão sobre os direitos das mulheres independentemente da sua matriz cultural e contou com a participação de 113 pessoas.

©2020 Fundação António Aleixo por Super8

 

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?